MLS estuda diminuir o numero de Jogadores Designados

Segundo a NCB Sports, a MLS estuda diminuir o numero de Jogadores Designados por equipes de três para dois. Atualmente, cada franquia pode contratar até três jogadores com salario acima do teto salarial da liga e sem impacto no limite da folha salarial da equipe. Tudo começou em 2007, quando o craque David Beckham aterrissou em Los Angeles. Até então, a MLS contava com poucos jogadores de apelo popular mundial, o que fazia com que a liga não fosse tão prestigiada e aclamada pelo público. Com a chegada do inglês, a MLS criou o “Designated Player”, ou jogador designado, para poder incluir o jogador no Galaxy sem precisar diminuir seu salário. A regra ficou popularmente conhecida como a lei de Beckham e, consequentemente, possibilitou outras franquias de contratar jogadores de gabarito internacional. Henry, Pirlo, Villa, Gerrard, Kaká e vários outros foram à MLS depois de Beckham e ajudaram a competição a se tornar sucesso de público. A partir dessa regra, mais de 100 jogadores foram contratados para a liga, o que também ajudou a elevar o nível do futebol jogado na MLS.

Mas isso traz um problema que vem começando a incomodar alguns clubes. Hoje, o número máximo de DP’s por equipe causa muita discordância entre os franquiados da liga, principalmente os com menos dinheiro e que não tem condições para contratar tantas estrelas para o time. Veja um exemplo:

  • O New England Revolution tem apenas Claude Dielna como Designated Player e ele ganha menos que 1 milhão de dólares por temporada. O Minnessota United, por sua vez, não tem nenhum.

 

  • Atlanta United, LA Galaxy e Toronto FC tem 3 DP’s cada. O dinheiro ainda atrai jogadores como Ibrahimovic, que recebe parte de seu salário de outras formas e não entra na categoria de jogador designado.

Os que são a favor da redução pensam que uma diminuição para dois jogadores designados ajudaria no nível da liga, trazendo mais equilíbrio entre as equipes. Ja outros afirmam que a diminuição irá fazer com que a MLS perca apelo popular, principalmente internacional.

A MLS não se pronunciou recentemente a respeito do assunto, mas sabe-se que os proprietários da liga desejam que ela seja cada vez mais vista e cada vez mais estrelada e nivelada por cima. Sendo assim, mesmo que alguns franqueados não gostem, a tendência é de que, num futuro, o número de designados aumente ao invés de diminuir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: