Ir para conteúdo
Anúncios

Com facilidade, Estados Unidos goleiam Trinidad e Tobago pela Copa Ouro

Neste sábado (22), em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Ouro, os Estados Unidos receberam a seleção de Trinidad e Tobago no FirstEnergy Stadium, em Cleveland. Ainda carregando a lembrança doída de outubro de 2017, quando perderam para os trinitários e não se classificaram à Copa do Mundo de 2018, os americanos entraram motivados e movidos pelo sentimento de revanche. Ao fim da partida, vitória tranquila dos donos da casa por 6 a 0, que já estão classificados às quartas de final.

A partida permaneceu equilibrada em boa parte do primeiro tempo, prevalecendo a forte defesa de Trinidad e Tobago. Mas, aos 41’, Aaron Long cabeceou bola alçada na área por Christian Pulisic para delírio dos torcedores (1 a 0).

A equipe estadunidense chegou mais agressiva à segunda etapa, ampliando o controle de jogo a partir do domínio da posse de bola e da acurácia dos passes. Aos 66’, Gyasi Zardes recebeu passe de Nick Lima dentro da grande área e não perdoou (2 a 0). Três minutos mais tarde, Zardes marcou o segundo. Recebendo assistência do “garçom da noite” Pulisic, ele chutou alto, marcando um golaço em Ohio (3 a 0).

O ritmo frenético seguia. Aos 73’, Pulisic foi premiado pela grande noite que protagonizava. Após bate cabeça da defesa de Trinidad e Tobago, Jordan Morris serviu o camisa 10, que só teve o trabalho de empurrar para as redes (4 a 0). Novamente, os EUA marcaram sob pressão após um gol e o quinto tento se consolidou aos 76’. Morris computou sua segunda assistência da noite após deixar Paul Arriola na cara do gol, em passe cruzado. Arriola, com tranquilidade, aumentou a goleada (5 a 0).

Ainda houve tempo para o sexto gol americano e o segundo de Long, que, aproveitando “batida de roupa” do goleiro Marvin Phillip, cabeceou para o gol vazio, dando números finais ao marcador (6 a 0).

Com o resultado, os EUA chegam a dez gols marcados e nenhum sofrido na Copa Ouro 2019. Tendo seis pontos ganhos, lidera o grupo D ao lado do Panamá, que também está classificado. Ambas as equipes se enfrentam na última rodada, de modo que os americanos detêm a vantagem do empate para terminar a primeira fase na liderança do grupo.

Foto: Reprodução Twitter/USMNT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: