Ir para conteúdo
Anúncios

Definidas as semi-finais da Copa dos Estados Unidos

A quarta-feira (10) foi marcada por definições na U.S Open Cup, a Copa dos Estados Unidos. Na disputa da fase de quartas de final teve de tudo: decisão por penaltis, goleada e muita emoção.

Minnesota United 6×1 New Mexico (USL)

No jogo mais tranquilo da rodada, o Minnesota United não tomou conhecimento do New Mexico United, um dos dois times da segunda divisão (USL) a conseguir chegar até as quartas da competição. Jogando em casa, o time da MLS fez valor a força de sua torcida e aplicou uma goleada de 6×1 pra cima do adversário. Mas foi o New Mexico quem saiu na frente com Santi Moar, aos seis minutos, recebendo da entrada da área e batendo no canto do goleiro Mannone.

Porém, confirmando a boa fase, O Minnesota logo empatou com o matador Angelo Rodriguez, escorando cruzamento de Dotson. Aos 9′, Quintero aproveitou o rebote do goleiro e virou a partida para o time da casa. Ainda no primeiro tempo, novamente Angelo Rodriguez, batendo da entrada da área e Jan Gregus, em bela cobrança de falta, começaram a preocupar os torcedores do New Mexico de que algo pior poderia acontecer. Antes do intervalo, Rodriguez aproveitou sobra dentro da área e completou seu Hattrick. 5×1 só no primeiro tempo. Na volta do segundo, Ibarra marcou o sexto e último gol do jogo.

Atlanta United 2×0 St. Louis FC (USL)

Em momento instável na temporada, o Atlanta United também recebeu um time da USL, o St. Louis FC, e venceu, mas não tão fácil como Minnesota. O primeiro gol do jogo só saiu no início do segundo tempo, com Pity Martinez encobrindo o goleiro Tomás Goméz. O Atlanta pressionou em busca do segundo gol que só veio no acréscimos do pés de Josef Martinez, convertendo penalti.

Jose Martinez marcou mais uma vez e ajudou o Atlanta United a avançar para a semi-final da Open Cup. (Reprodução Twitter/Atlanta United).

Orlando City 1×1 New York City (6-5 penaltis)

O jogo mais emocionante da rodada foi com certeza entre Orlando City e New York City, que só foi decidido nas cobranças de penalti. No tempo normal e nos acréscimos, apenas um gol para cada lado, ambos no segundo tempo. Nani fez grande jogada pela esquerda e cruzou na cabeça do jovem Mueller, que tocou para o gol e abriu o marcador para Orlando. Quando o jogo parecia decidido, Maxi Moralez achou um gol aos 95 minutos e levou a decisão pra a prorrogação. Como ninguém marcou no tempo extra, a decisão foi para a marca da cal.

O Orlando City converteu quase todas as suas cobranças, realizadas por Akindele, Smith, Will Johnson, Powers e Rossel. Dwyer desperdiçou a segunda cobrança dos Lions. Para a sorte do time da casa, Alex Ring perdeu a primeira e Maxime Chanot a última cobrança, decretando assim a eliminação do time de Nova York.

Goleiro reserva do Orlando City, Adam Grinwis pegou dois penaltis e foi ovacionado pela torcida. (Reprodução Twitter/Orlando City).

Los Angeles FC 0x1 Portland Timbers

No jogo que fechou a quarta-feira, o LAFC recebeu o forte time do Portland Timbers em seus domínios e acabou derrotado. Em um jogo bastante igual e disputado, o gol da vitória do Portland saiu aos 84′ dos pés de Ebobisse. Aproveitando bobeada da defesa do time da Califórnia. Nem Rossi e Vela foram capazes de ajudar o LAFC a empatar o jogo e que acabou derrotado e eliminado da Open Cup.

SEMI-FINAIS DEFINIDAS PARA O DIA 7 DE AGOSTO

Minnesota United x Portland Timbers
Orlando City x Atlanta United

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: