Ir para conteúdo

Sensação na última temporada, LAFC quer mais em 2020

O ano de 2019 foi mágico para o Los Angeles Football Club e também para seus torcedores. Em seu segundo ano de vida, e equipe foi campeã da Supporters Shield (temporada regular), finalista da conferência Oeste, teve Carlos Vela como melhor jogador da liga e também artilheiro. Em resumo, o último ano foi quase perfeito, mas o clube e o técnico Bob Bradley querem mais.

Além do título da MLS Cup, que faltou em 2019, o LAFC vai pra sua primeira competição internacional, a Concacaf Champions League, querendo também trazer o caneco para solo americano, algo raro e que não acontece desde o New England Revolution em 2000. Para buscar uma temporada ainda melhor que a anterior, o time da Califórnia buscou reforços. Os jovens meias José Cifuentes, colombiano, e Francisco Ginella, uruguaio. O grande reforço porém pode vir no ataque. Sem contrato, Bradley Wright-Phillips, ídolo do New York Red Bulls, deixou a franquia do leste e está livre para assinar com o LAFC. Durante a pré-temporada, BWP treinará com o elenco dos “Black & Gold”, dando tempo para que Bob Bradley possa avaliar melhor sua contratação. As partes estão otimistas sobre um acerto. Outro fator que joga a favor é o fato de que os principais jogadores do grupo, como Diego Rossi, El-Munir, Diomandé, por exemplo, continuam no grupo.

Divulgação: LAFC

A grande dúvida fica na camisa 1. Para alcançar sucesso na MLS, todas as franquias sabem que é fundamental ter um goleiro seguro, que erre o mínimo possível e dê segurança ao sistema defensivo. O jovem Tyler Miller, que foi titular do time nas duas últimas temporadas, está sem contrato e não se apresentou. Seu futuro segue incerto. Para a posição, o LAFC conta com o mexicano Pablo Sisniega, com o americano Phillip Ejimandu e com o brasileiro Paulo Pita, selecionado na primeira rodada do SuperDraft deste ano. Sobre goleiros, Bob Bradley disse que precisa de reforços: “Estamos olhando para várias posições que precisamos reforçar e o gol é uma delas,” disse. O holandês Kenneth Vermeer, de 34 anos, do Feyenoord, é o principal nome para a posição.

O LAFC joga amistoso contra o Peñarol no próximo dia 25. O primeiro jogo oficial será contra o Leon, pela Concachampions, no dia 19/02. A estreia na MLS 2020 está marcada para 01/03, contra o Inter Miami.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: