Nashville SC

Primeiras impressões do Nashville SC na MLS

Membro da Major League Soccer desde dezembro de 2017, o Nashville SC fez a sua estreia na liga no sábado (29) contra o poderoso Atlanta United de Josef Martinez. A partida contou com um público presente de 59,069 mil pessoas, recorde de público em um jogo de soccer no estado do Tennessee.

Apesar do resultado negativo (2 a 1), o Nashville teve uma apresentação surpreendente e acabou não decepcionando. Jogando em um 4-2-3-1, os estreantes conseguiram criar muitas chances, 14 chutes no total, mas acabou pecando na precisão, com apenas quatro chutes acertaram a baliza de Brad Guzan. Segundo os dados do SofaScore, os ‘Tennessianos’ finalizaram cinco vezes dentro da área do Atlanta, além de duas grandes chances perdidas. Eles também tiveram um percentual de 71% em dribles e 83% em passes.

Apesar dos ótimos números ofensivos, o grande destaque da partida acabou sendo o All-Star Walker Zimmerman, zagueiro que veio para Tennessee após ser envolvido em uma troca com o Los Angeles F.C. O zagueiro de 1.90m ganhou 9 de 12 disputas pelo alto, tentou organizar a defesa o maximo que pode e não teve culpa em nenhum dos dois gols sofridos, além de marcar o primeiro gol da historia do clube na liga.


Outros destaques do time foram o capitão e 2x All-Star Dax McCarty e o meio-campista alemão Hany Mukhtar, os pontos de referência e criação da equipe. A dupla se destacou por criarem praticamente todas as jogadas ofensivas da equipe, começando por McCarty que era a zona de escape da defesa para o ataque e Mukhtar tentando achar algum companheiro livre para finalizar. Muitas das jogadas de Nashville eram bem construidas mas a falta de habilidade e inteligência dos atacantes acabaram por prejudicar o time.

O destaque negativo vai para o lateral Eric Miller, o ponta-direito David Accam e o centroavante Dominique Badji. Eric Miller em uma falha bisonha deixou o caminho livre para que Ezequiel Barco abrisse o placar para os visitantes, além de ter atrapalhado o time em alguns momentos e demonstrar falta de entrosamento com os demais defensores e companheiros de ataque. David Accam e Badji fizeram uma partida tenebrosa e sem sombra de duvidas são os culpados pela falta de precisão de Nashville. Os dois juntos participaram do jogo apenas 36 vezes, totalizando um chute para fora da baliza, além de matarem todas as jogadas de ataque possíveis. Se Nashville quer algo a mais essa temporada, eles devem seriamente repensar sobre o seu ataque.

Nashville agora vai a Portland no proximo dia 8 para enfrentar o Portland Timbers as 21 horas. Transmissão da ESPN para o Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s