MLS

A MLS, enfim, pode ameaçar a supremacia da Liga MX no continente?

20200303_220751

Foto: Reprodução / Instagram Inter Miami

Um antigo ditado diz que “uma a andorinha não faz verão”, partindo disso, apenas uma janela de transferências, não pode definir uma tendência, mesmo uma que tenha acentuado tanto o aumento no fluxo crescente de jogadores vindo das Liga MX para a MLS. Mas, de alguma forma, a mudança de Rodolfo Pizarro para a Inter Miami parece diferente.

Essa é a aquisição mais recente, e aparentemente, a mais cara da Liga MX neste inverno, um acordo que envolvia o Miami acionando uma cláusula de liberação de US $ 12 milhões apenas para tira-lo do Monterrey, fora o alto salário que ainda será pago ao mexicano.

Rodolfo Pizarro

Foto: Reprodução / Instagram Rodolfo Pizarro

Sem esquecer que Pizarro, que tem 26 anos, está no auge de sua carreira, deixou um dos clubes mais ricos e bem sucedidos do continente, tendo no currículo três títulos da Liga MX, dois troféus da Concacaf Champions League e uma Copa do Ouro em seu currículo para para embarcar em um projeto que nem havia dado qualquer fruto pensando como um trampolim para o futebol europeu.

Obtendo sucesso nesse plano com Pizarro e outros jogadores que chegaram recentemente a liga como Lucas Cavallini, Edison Flores e Alan Pulido, por exemplo, a MLS vai, fatalmente, passar a frente na corrida pela supremacia do futebol norte americano.

Com isso, em pouco tempo, os clubes da liga não vão tirar grandes talentos no auge não apenas do México, mas também dos clubes sul-americanos, e isso é cada vez mais necessário para manter esse crescimento continuo, e cada vez mais acelerado, da formação de times melhores.

images (33)Mas essa é apenas uma das disputas entre as duas ligas, existe outra, e mais importante, em curso, a supremacia pelos títulos no Continente. Em sua era moderna, nenhum clube da MLS venceu a Concacaf Champions League, e só tres chegaram à final do torneio: Real Salt Lake em 2011, Montreal Impact em 2015 e Toronto FC há dois anos.

No entanto, a atual edição da competição está mostrando que esse tabu pode cair nessa temporada, pela primeira vez em algum tempo, existem mais clubes estadunidenses do que mexicanos disputando as quartas de de final do torneio.

Só o futuro pode responder se a MLS vai ultrapassar, de fato, a supremacia da Liga MX no continente, mas a atual temporada é crucial para ententermos em que pé essa disputa de pode está.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s