Union vence Miami e se classifica para próxima fase

Fechando a noite de jogos desta terça-feira (14) no MLS is Back, Philadelphia Union e Inter Miami entraram em campo já sabendo que o Orlando City havia vencido o New York City por 3×1 momentos antes. O resultado foi ruim, principalmente para o Miami, que ficaria em péssimos lençóis se perdesse, enquanto o Union poderia garantir sua vaga se ganhasse. E foi exatamente assim que aconteceu. O Philadephia Union venceu a partida por 2×1, se classificou e deixou o adversário de Miami em situação complicada no campeonato.

O JOGO

Em relação ao primeiro jogo, o Inter Miami fez alterações importantes no time titular. Pizarro e Carranza, que começaram o jogo contra o Orlando no banco, foram titulares. Pelo lado do Union, o brasileiro Sérgio Santos também começou jogando após ficar fora da estréia. Ele substituiu outro brasileiro, Ilsinho, ídolo do time.

E com bola rolando, não demorou muito para que o Philadelphia abrisse o placar. Com quatro minutos, depois de um cruzamento despretensioso, o lateral Kai Wagner bateu firme de fora da área e venceu o goleiro Robles. Chute que, para muitos, era defensável. 1×0 Union. O jogo seguiu sem grandes oportunidades até que no minuto 35′, Lewis, Pizarro e Pellegrini fizeram linda triangulação. A bola terminou dentro da área do Union com o camisa #10, Rodolfo Pizarro, que teve muita tranquilidade para tocar pro gol e empatar a partida. Um belíssimo gol para o Inter Miami. Foi o segundo gol da história do clube, segundo marcado pelo mexicano.

Pizarro, até aqui, marcou os únicos gols do Inter Miami na história. (Divulgação/MLS)

Na volta do segundo tempo, o Inter Miami queria a virada e já foi assustando com Lewis Morgan. O atacante recebeu de Pellegrini na entrada da área e buscou o canto, mas o gigante André Blake se esticou todo e colocou pra escanteio. Minutos depois, numa bola que saiu do campo de defesa, Aaronson puxou contra-ataque para o Union e tocou para Monteiro, que fez o corta luz, deixando a bola chegar ao centro-avante Przybylko. O atacante teve categoria pra limpar o marcador e bater cruzado de canhota, colocando novamente o Union à frente no marcador.

Faltando 15 minutos para o fim, o árbitro marcou toque de mão do zagueiro Jacob Glesnes dentro da área. Penalti para o Inter Miami. Mas após ser chamado pelo VAR, o juizão resolveu voltar atrás, alegando que o defensor do Union estava com o braço junto ao corpo. Decisão questionável, penalti anulado. Ainda em busca do empate, Román Torres acertou o travessão de Blake após cobrança de escanteio, mas ninguém do Miami apareceu no rebote pra empurrar pras redes. No último minuto, o zagueiro Reyes ainda conseguiu levar o segundo amarelo e ser expulso e jogo terminou em 2×1 para o Union.

Na próxima semana, mais precisamente no dia 20, o grupo A terá sua última rodada disputada. Inter Miami e New York City farão o jogo da morte. Em caso de empate, as duas equipes estarão eliminadas. O vencedor ainda poderá sonhar com uma vaga entre os melhores terceiros. Orlando e Union jogam apenas para decidir o campeão do grupo.

FICHA TÉCNICA

Philadelphia Union – 2
Blake; Gaddis, Glesnes, McKenzie e Wagner; Bedoya, Martínez (Creavalle) e Monteiro (Fontana); Aaronson (Elliott), Sérgio Santos (Ilsinho) e Przybylko.
TEC: Jim Curtin

Inter Miami – 1
Robles; Figal, Reyes, Torres e Sweat (Ambrose); Trapp (Nguyen), Ulloa (Chapman) e Pizarro; Morgan, Pellegini (Kiesewetter) e Carranza.
TEC: Diego Alonso

Gols: Wagner, Przybylko (PHI) e Pizarro (MIA)
Cartões Amarelos: Martínez (PHI), Trapp e Reyes (2x) (MIA
Cartões Vermelhos: Reyes (MIA)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s