Miami FC e Tampa Bay Rowdies fazem o Clássico da Flórida na Segunda Divisão

Riccardo Silva Stadim TheMiamiFC
(Foto: Reprodução Twitter/Miami FC)

Nesta sexta-feira (07), às 20h00 (horário de Brasília), teremos o Clássico da Flórida, Miami FC vs. Tampa Bay Rowdies, no Riccardo Silva Stadium. O estádio leva o nome do dono do Miami FC, Riccardo Silva, empresário italiano, dono da Silva International Investments, que tem investimentos em diversas áreas como mídia, esportes, entretenimento, artes e imóveis. O estádio tem capacidade para 20 mil espectadores e fica localizado no campus da Florida International University, na cidade de Miami, próximo ao Aeroporto Internacional. O jogo terá transmissão para os Estados Unidos pela ESPN+ e para o Brasil e restante do mundo pelo canal oficial da Liga no YouTube:

Miami FC

O Miami FC está estreando na USL Championship (Segunda Divisão dos Estados Unidos) nesta temporada, mas é um clube que foi fundado no dia 20 de maio de 2015. Começou disputando a North American Soccer League (NASL) em 2016. Em 2018, foi um dos clubes fundadores da National Premier Soccer League (NPSL), sagrando-se campeão em 2018 e 2019. Em julho de 2019, o Miami FC anunciou que disputaria a temporada inaugural da National Independent Soccer Association (NISA). Terminou invicto na temporada regular, venceu a NISA East Coast Championship e conquistou seu nono troféu em três anos.

Nelson Vargas TheMiamiFC
(Foto: Reprodução Twitter/Miami FC)

No final do ano passado, o Ottawa Fury anunciou sua saída da USL e transferiu seus direitos de franquia para o Miami FC. O clube laranja e azul estreou na temporada 2020 da USL Championship no dia 7 de março e sofreu uma goleada de 4 a 1 do Saint Louis FC fora de casa. No seu segundo jogo, também fora de casa, perdeu por 4 a 3 pro Atlanta United 2, no dia 29 de julho. Nesta sexta-feira, disputará sua primeira partida em casa. O time é dirigido por Nelson Vargas, de 46 anos. Ele foi jogador do Tampa Bay Mutiny e Miami Fusion nos primórdios da MLS. Natural de Holyoke, Massachusetts, Vargas começou a carreira de treinador como assistente no Miami FC em 2018 e assumiu o cargo de técnico neste ano. Ele chegou até a atuar no filme sobre a Seleção dos Estados Unidos na Copa de 1950.

TheMiamiFC07082020
(Foto: Reprodução Twitter/Miami FC)

O time de Miami vem jogando no 4-5-1, com o atacante jamaicano Romario Williams isolado no comando de ataque. Ele é o artilheiro do time com dois gols. O colombiano Sebastian Velásquez e Mohamed Thiaw marcaram os outros gols. Harrison Heath (filho do técnico do Minnesota United, Adrian Heath) tem duas assistências. É um jogo muito complicado para o Miami FC, que, mesmo jogando em casa, terá muitas dificuldades em enfrentar uma das grandes forças da Segunda Divisão e um dos favoritos ao títulos. O provável time é: Brian Sylvestre; Marco Franco, Hassan Ndam, Brenton Griffiths e Janos Löbe; Sebastian Velásquez, Tomas Granitto, Harrison Heath, Lance Rozeboom (C) e Miguel Gonzalez; Romario Williams.

Tampa Bay Rowdies

O time de St. Petersburg foi fundado há 12 anos  e disputa a USL Championship desde 2017. Começou na USSF Division 2 e depois jogou seis temporadas na NASL, sendo campeão em 2012. O dono do Rowdies é o mesmo dono do Tampa Bay Rays (equipe de beisebol da Major League Baseball), Sr. Stuart Sternberg. O clube verde e amarelo está invicto nesta temporada. Foram cinco jogos, três vitórias e dois empates. Nos dois jogos disputados fora de casa, Tampa Bay venceu o New York Red Bulls II por 1 a 0 no dia 7 de março e empatou com Birmingham Legion FC em 1 a 1 no dia 25 de julho. Tem a terceira melhor campanha no geral na USL Championship e sofreu apenas quatro gols e dois clean sheets.

Guenzatti e Fernandes
(Foto: Reprodução Twitter/Miami FC)

Seba Guenzatti e o brasileiro Leo Fernandes são os grandes destaques do time. Ambos são os artilheiros do Rowdies com três gols marcados por cada jogador. O panamenho Juan Tejada é o líder em assistências com duas. Fernandes tem uma assistência e três cartões amarelos em cinco jogos disputados. O time é dirigido pelo técnico escocês Neill Collins. Ele foi um jogador que passou por diversas equipes da Escócia e da Inglaterra. No seu final de carreira, jogou no Tampa Bay Rowdies entre 2016 e 2018. No dia 18 de maio de 2018, foi promovido a técnico do Rowdies. O Presidente do clube, Bill Edwards, admira muito seu trabalho.

Neill Collins é muito intenso e exigente treinador. Na sua primeira temporada, a equipe não foi bem. Terminou em 12º lugar na Conferência Leste. Ele relatou que houve problemas extra-campo, vários jogadores contundidos e alguns jogadores perto de se aposentar. Collins é o tipo do técnico que pensa muito no jogo e tem características parecidas com o grande jogador do Arsenal, Tony Adams. É firme, forte e muito bom na organização e no posicionamento da equipe. Em 2019, Tampa Bay foi bem melhor. Terminou em quinto na Conferência Leste e perdeu pro Louisville City FC nas quartas de final da Conferência.

O goleiro do Rowdies, Evan Louro afirmou no site oficial que a equipe está concentrada e que irá enfrentar o Miami FC como se o time fosse o líder geral do campeonato. A diferença entre os dois times é notória na tabela de classificação, mas o Miami FC está estreando e teve pouco tempo de preparação. Por ter levado oito gols em dois jogos, o Tampa Bay Rowdies vai explorar as fragilidades defensivas do rival, ainda mais com um time que conta com jogadores do calibre de Seba Guenzatti, Juan Tejada e Leo Fernandes. Neill Collins deverá escalar o 3-5-1-1: Evan Louro; Jordan Scarlett, Forrest Lasso e Aaron Guillen; Sebastian Dalgaard, Jordan Doherty, Lewis Hilton, Dominic Oduro e Leo Fernandes; Sebastian Guenzatti (C); Juan Tejada.

História do Clássico

Esse jogo marca o retorno deste clássico da Flórida. O último confronto foi no dia 31 de maio de 2017. O Miami FC venceu o Tampa Bay Rowdies por 2 a 0, pela Terceira Fase da US Open Cup. A curiosidade é que, nesse jogo, o atual técnico do Rowdies, Neill Collins, integrou a equipe como zagueiro. O brasileiro Leo Fernandes também jogou essa partida. O italiano Vincenzo Rennella e Jaime Chávez marcaram os gols do Miami FC. As duas equipes da Flórida se encontraram antes na NASL, na temporada de 2016. Foram três jogos e três empates. O Miami FC ainda não perdeu nesse clássico.

Arbitragem

Árbitro: Elvis Osmanovic

Assistentes: Juan Pablo Casas e Fritz Barberousse

Quarto Árbitro: Alejo Calume

O Tampa Bay Rowdies é o líder invicto e isolado do Grupo H da USL Championship com 11 pontos ganhos. O Charleston Battery é o segundo colocado com quatro pontos a menos. O Atlanta United 2 tem cinco pontos ganhos. O Miami FC, por sua vez, ainda não pontuou e tem apenas dois jogos. As demais equipes do grupo já disputaram cinco ou mais jogos. A vitória é muito importante para o time do Miami FC reagir na tabela e buscar a segunda colocação. Para o favorito Rowdies, uma vitória pode significar uma classificação antecipada no futuro, pois vai se distanciar e muito dos concorrentes.

ClassificacaoGrupoH

Um comentário sobre “Miami FC e Tampa Bay Rowdies fazem o Clássico da Flórida na Segunda Divisão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s