Além do clássico! O que esperar de Crew vs Fire e Revolution vs Union

A noite desta quinta-feira (20) reserva outros bons jogos além do clássico entre New York Red Bulls e New York City. O Columbus Crew, um dos melhores times até aqui na temporada regular, entra em campo contra o Chicago Fire, que procura evolução. No outro jogo da noite, temos o New England Revolution, em alta, desafiando o Philadelphia Union, semifinalista do MLS is Back.

COLUMBUS CREW x CHICAGO FIRE – 20h30 (horário de Brasília)

O Columbus Crew, do craque Zelarayan e do brasileiro Artur, ainda não perdeu na temporada. A eliminação no MLS is Back veio apenas na disputa de pênaltis e doeu ainda mais pelo fato do time só ter sofrido um gol na temporada e ter marcado nove vezes. A defesa, comandada por Mensah é sólida, e o ataque, liderado por Zelarayan e Zardes, letal.

O Chicago Fire, adversário desta noite, só venceu um jogo até aqui e fez um MLS is Back decepcionante. O técnico Raphael Wicky terá quatro desfalques confirmados, entre eles, o goleiro Kronholm, fora da temporada por lesão no joelho. As notícias não são boas, principalmente quando se tem uma defesa frágil, que sofreu oito gols, contra um adversário de ataque tão poderoso. O Fire deverá ir com linha de cinco e como azarão pro jogo, torcendo para que CJ Sapong e Béric resolvam lá na frente.

(Foto: Reprodução Site/Major League Soccer)

NE REVOLUTION x PHILADELPHIA UNION – 20h30 (horário de Brasília)

Bruno Arena deu outra cara para os Revs. O time conseguiu fazer um MLS is Back digno de uma franquia em recuperação e a temporada regular de 2020 poderá confirmar que o Revolution está voltando ao topo. Zahibo foi negociado, mas Manneh e McNamara chegaram, assim como Matt Polster, que veio do Rangers/ESC. Perder Carles Gil pro resto da temporada foi um golpe duro, mas Gustavo Bou vive boa fase e pode conduzir o time às vitórias.

O Union, por sua vez, era esperado na final do MLS is Back, mas não avisou ao Portland Timbers. O time do brasileiro Ilsinho deverá fazer uma temporada regular tranquila, mas a partida fora de casa contra o Revolution pode ser traiçoeira. Por isso, Jim Curtis vai escalar força máxima, time titular completo, para recomeçar a temporada com o pé direito.

(Foto: Reprodução Site/Major League Soccer)

(Foto de capa: Reprodução/MLS Image Cloud)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s