No jogo mais frio da história da MLS, Rapids e Timbers empatam por 3 a 3

Com uma temperatura de -7°C e de baixo de muita neve, Rapids e Timbers fizeram o jogo mais emocionante da rodada até aqui.

Com 15 minutos de jogo, Kamara recebeu sozinho de Kellyn Acosta e empurrou para abrir o placar para os mandantes. Aos 25, uma jogada confusa em que resultou em um gol de cabeça do Timbers, o juiz foi rever o lance no VAR e acabou anulando o gol por impedimento, mas marcou um pênalti para Portland em um chute “defendido” pelo zagueiro Sjoberg em jogada anterior, pênalti defendido por Tim Howard mas no rebote o ‘El Maestro’ Valeri não perdoou. Com a neve se agravando, El Maestro cobrou um escanteio aos 45 minutos na cabeça de Sebastian Blanco que empurrou para o fundo das redes.

Com 30 segundos de segundo tempo o brasileiro Feilhaber em um bate-rebate na área de Portland, conseguiu dar um carrinho e empatar o jogo para os donos da casa. Em jogada pela direita, Andy Polo em tentativa de cruzamento rasteiro foi interceptado por Deklin Wynne, que acabou jogando a bola contra o seu próprio gol. Vindo do banco de reservas o também brasileiro Andre Shinyashiki, draftado pelo Rapids nesta temporada aproveitou o rebote de Attinella em um chute cruzado e marcou o seu primeiro gol na MLS.

O Colorado Rapids vai a Seattle para enfrentar o Sounders no próximo sábado.
O Timbers entra em campo dia 10 contra o LAFC em Los Angeles.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: