Opinião TMLS: Stam conseguirá dar a volta por cima na MLS?

Thierry Henry não é o único ex-jogador famoso que quer dar a volta por cima na carreira como treinador comandando uma equipe na Major League Soccer. O letal ex-atacante francês tem tentado arrumar a casa do Montreal Impact desde o início do ano, quando foi anunciado. Durante a pausa causada pela pandêmia de COVID-19, o FC Cincinnati também buscou um ex-atleta de alto nível para comanadar sua equipe. O holandês Jaap Stam aceitou o convite e é o novo técnico da franquia, que vai pra sua segunda temporada na elite do futebol dos Estados Unidos. Assim como Henry, Stam fez muito em campo e foi multicampeão por onde passou, mas em sua breve história como técnico ainda precisa provar que pode repetir ao menos um pouco do sucesso dos tempos de jogador.

Stam começou sua carreira de treinador no Reading, da Inglaterra, na temporada 16/17, de forma impressionante. Em 54 jogos, o holandês capacitou sua equipe à vencer 29 vezes, 27 delas na Championship, campanha que acabou levando o Reading para a semifinal dos playoffs, perdendo para o Huddersfield nos penaltis. Adepto de um futebol de posse de bola e paciência, o treinador chegou a ser criticado pela torcida do Reading pelo estilo de jogo, mas com a sequência de bons resultados, as criticas ficaram no passado e Jaap Stam terminou a temporada em alta na Inglaterra. O calvário do “professor” começou na temporada seguinte. Sem conseguir chegar nem perto dos resultados da campanha anterior, Stam foi demitido do Reading após vencer apenas um jogo em 18 oportunidades. Por pouco o time inglês não caiu para a terceira divisão.

Stam teve bom início na carreira como técnico, mas vem em baixa e precisa de um bom trabalho. (Reprodução/Twitter Reading FC)

Na temporada seguinte, tendo que mais uma vez se provar, aceitou o convite para comandar o modesto PEC Zwolle, de seu país natal, em janeiro de 2019. O Zwolle não tinha grandes aspirações na Erediviese e lutava contra o rebaixamento. Com sete vitórias, três empates e sete derrotas, o holandês cumpriu sua missão e salvou o Zwolle do descenso. A campanha “milagrosa” o recolocou no mercado e o gigante holandês Feyenoord, que acabará de perder Gio Van Bronckhorts, apostou em Stam. Era a chance de brilhar e se colocar de vez na prateleira dos bons ténicos do velho continente. Mas novamente o holandês durou pouco no cargo. Depois de apenas três vitórias nas 11 primeiras partidas da liga holandesa, Stam entregou o boné quando foi derrotado pelo Ajax por 4-0 fora de casa. Mais uma vez era o fim da linha nas grandes ligas. 

Para recomeçar, assim como fez aceitando o convite do PEC Zwolle, Stam precisaria buscar times menores ou mercados alternativos. E esse é exatamente o caso da MLS e do FC Cincinnati. O Cincy perdeu seu treinador, Ron Jans, no inicio da temporada. Jans pediu demissão ao ser acusado de usar linguagem racista. Veio a pandêmia e o clube americano ganhou tempo para pensar em um novo comandante. Jaap Stam entrou no radar para um casamento que tem tudo para ser perfeito. De um lado uma equipe que busca afirmação e do outro um treinador que também precisa se afirmar. O futebol na MLS evoluiu e hoje busca um jogo bem mais parecido com o estilo europeu do que com o estilo sul-americano, algo que pode favorecer o treinador.

Para ajudar Stam na dura missão de fazer o Cincinnati ser competitivo, Locadia, van der Werff e Siem de Jong, compatriotas e bons jogadores, estarão à disposição. Além deles, o Cincy também conta com Kekuta Manneh, meia atacante com experiência na liga, assim como alguns bons defensores, caso do americano Greg Garza e do experiente meia Haris Medunjanin. O FC Cincinnati não tem, apesar disso, um elenco brilhante e provávelmente não será capaz de chegar aos playoffs. Mas para Stam, uma campanha sólida e competitiva já poderá ser o suficiente para que ele possa tentar, outra vez, flutuar por clubes maiores e tentar seu sucesso como treinador.

DADOS DE JAAP STAM COMO TREINADOR *SofaScore

159 jogos
66 vitórias
32 empates
61 derrotas
41,51% de aproveitamento
Formação preferida: 4-3-3

Stam dará certo na MLS? Participe deixando seu comentário abaixo. 

*A coluna “Opinião TMLS” reflete o pensamento do autor e não necessariamente do portal.

Um comentário sobre “Opinião TMLS: Stam conseguirá dar a volta por cima na MLS?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s