Oakland Roots se torna o primeiro clube dos USA a aderir causa social de Juan Mata

Na última terça-feira (30), o Oakland Roots Sports Club, equipe que atualmente joga na NISA (terceira divisão), prometeu que todos os jogadores e funcionários doarão 1% da folha de pagamento da equipe e 1% de toda a receita futura de ingressos para a iniciativa “Common Goal”, que pede aos membros que contribuam com doações para combater a desigualdade social.

A Common Goal foi co-fundada pelo vencedor da Copa do Mundo Juan Mata com o objetivo de unir a comunidade mundial de futebol para enfrentar os maiores desafios sociais do nosso tempo. Desde então, mais de 150 jogadores e treinadores se juntaram ao movimento, incluindo Rapinoe, melhor jogadora do mundo em 2019, sua companheira de copa do mundo do e de seleção americana Alex Morgan, o técnico do Liverpool Juergen Klopp, Serge Gnabry do Bayern de Munique, entre outros. Além deles, clubes europeus como o FC Nordsjælland, da Dinamarca e Unionistas de Salamanca, da Espanha.

Os fundos arrecadados são usados ​​para apoiar o trabalho de organizações sem fins lucrativos em todo o mundo que usam o futebol para enfrentar questões sociais como saúde, igualdade de gênero, desemprego e a crise do COVID-19. O Oakland Roots se torna então a primeira equipe profissional dos Estados Unidos a aderir à causa. 

Pequeno time de Oakland, Califórnia, que joga a terceira divisão, foi o primeiro americano a se unir ao Common Goal. (Divulgação)

Um comentário sobre “Oakland Roots se torna o primeiro clube dos USA a aderir causa social de Juan Mata

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s