FC Cincinnati bane torcedor que desferiu comentários racistas

Um indivíduo, por meio de sua conta no Twitter, insultou de forma racista jogadores do FC Cincinnati, mais especificamente o meia Fatai Alashe e o ponta Joseph-Claude Gyau. Em resposta a este fato completamente condenável, o clube de Ohio, estado americano, anunciou que indentificou a pessoa, não revelando nome ou sexo para imprensa, e proibiu ele(a) de assistir qualquer jogo no Nippert Stadium, casa do time.

“Estamos firmes com nossos jogadores e apoiadores contra o racismo”, twittou o clube no dia 30 do mês de junho. “Isso não tem lugar em nossa organização e não será tolerado. O indivíduo com o tweet racista direcionado a nossos jogadores na noite passada nunca poderá participar de outra partida novamente. “, completou o posicionamento oficial por meio da rede social.

Infelizmente esta não foi a primeira vez que o FC Cincinnati teve de lidar com pessoas que deram declarações racistas. Há pouco mais de quatro meses, o ex-técnico Ron Jans pediu demissão após grande pressão da mídia e da própria base de fãs depois de comentários do tipo, que foram denunciadas à Associação de Jogadores da MLS, organização esta que também criou a “Black Players Coaliton”, com intuito de lutar contra o racismo dentro da liga e na comunidade americana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s