Henry, técnico do Montréal Impact, critica desempenho do time no clássico

Nesta última quinta-feira (16), o Montréal Impact perdeu para o seu maior rival, o Toronto FC, por 4 a 3, em uma partida absolutamente espetacular, mas, em grande parte do jogo, a equipe treinada por Thierry Henry pareceu confusa e sofreu com muito com erros táticos. Por isso, na entrevista pós-jogo, o técnico francês falou sobre suas impressões sobre este confronto e sobre seu trabalho de maneira geral, que por enquanto vai deixando o time em último no ”MLS Is Back Tournament”, pelo grupo C.

Divulgação/Major League Soccer

Iniciando a entrevista falando especificamente do clássico, Henry explicou os tentos sofridos: “Os gols que permitimos vêm de erros básicos. Nós trabalhamos nisso de novo, de novo e de novo, mas, infelizmente, os vimos novamente hoje à noite. Isso se chama concentração, aplicação”, começou Henry em conferência . “Isso pode acontecer quando você está cansado. É cedo para estar cansado. Mas este torneio faz isso com você. Você assiste aos [outros] jogos e parece que esses tipos de erros acontecem nos jogos da pré-temporada. Não estou procurando desculpas. Mas isso é um fato. Dito isto, isso não significa que você precise concedê-los da maneira que nós os concedemos. Sim, marcamos três e tivemos muito mais chances de criar. Não porque eles [Toronto] perderam a bola. Nós os criamos… Mas você não pode conceder quatro e esperar vencer o jogo”, completou o francês na primeira parte da entrevista.

Posteriormente, o técnico ainda falou sobre acertos defensivos, que, entre outras coisas estão dificultados por conta de desfalques para o torneio, entre eles os zagueiros Rudy Camacho e Joel Waterman, e ainda, o técnico dissertou sobre um dos poucos pontos positivos que ele julgou, a garra do time e a posse de bola: “Isso é a coisa mais importante para mim. No outro dia, contra o New England, foi diferente porque não brigamos. Hoje você não pode dizer isso. Nós brigamos muito. A maneira como também possuímos a bola contra um time que geralmente gosta de possuir a bola – não que a possuímos. Mas eles nos deram uma folga. Eles nos pegaram em coisas que não deveríamos errar. Mas aconteceu. No segundo tempo, eles não tocaram muito na bola, mas quando tocaram, nos fizeram pagar”, concluiu o técnico em ótima entrevista no complexo esportivo da Disney, em Orlando na Flórida.

Agora o Montréal Impact enfrentará o DC United, na terça-feira (21), em busca de uma chance de classificação no grupo C, onde se encontra com 0 pontos e tem possibilidades remotas de avançar de fase.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s