Dallas oficializa candidatura para ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2026

Foto: Assessoria de Imprensa Comitê Esportivo de Dallas

As principais entidades esportivas de Dallas apresentaram hoje à Fifa a documentação para sediar a Copa do Mundo de 2026. O Comitê Anfitrião da cidade, composto pelo FC Dallas, Comissão Esportiva de Dallas e o Dallas Cowboys, se reuniu hoje por videoconferência com representantes da Fifa para oficializar o pleito para ser uma das 17 cidades americanas a receber o maior evento esportivo do mundo.

Dallas vai concorrer com outras 16 cidades americanas (Atlanta, Baltimore, Boston, Cincinnati, Denver, Houston, Kansas City, Los Angeles, Miami, Nashville, Nova York/Nova Jersey, Orlando, Filadélfia, São Francisco, Seattle e Washington), três canadenses (Toronto, Montreal e Edmonton) e três mexicanas (Guadalajara, Monterrey e Cidade do México). Apenas 16 das 23 cidades vão sediar o Mundial. As cidades escolhidas serão notificadas no final de 2021.

O Comitê de Dallas está confiante por ter um dos maiores estádios do país e com capacidade de ampliação. O AT&T Stadium, casa dos Cowboys, possui capacidade atual para 80 mil torcedores e pode aumentar para 100 mil, caso receba a Copa do Mundo.

“Quando pensava em construir o AT&T Stadium, sabia que queríamos um ótimo lugar para 100.000 pessoas terem uma experiência única. Estamos prontos para fazer o possível para tornar esta Copa do Mundo a mais especial de todas “, disse o proprietário e gerente geral do Dallas Cowboys, Jerry Jones.

Dan Hunt, presidente e dono do FC Dallas e anfitrião do Comitê da cidade para a Copa dos Estados Unidos, México e Canadá, manteve a linha de raciocínio de Jerry e acredita que eles possuem todas as credenciais para trazer o Mundial para o Texas. “O futebol é provavelmente o esporte mais poderoso do mundo, e digo isso porque realmente é o jogo global. Esperamos criar uma experiência de futebol para uma nova era, unindo nossa região diversificada, conectando fãs de todas as culturas através do belo jogo e servindo nossas comunidades nas próximas décadas, quebrando barreiras de uma maneira que somente o esporte pode transcender.”

A Copa de 2026 será a segunda em solo americano. A expectativa é que ela aumente ainda mais a popularidade do futebol, ou do soccer, nos Estados Unidos, já que atualmente, o esporte possui muito mais fãs do que em 1994. O impulso em 2026 pode consolidar o soccer como um dos esportes mais populares no Estado do Texas e em toda terra do Tio Sam.

“Voltando a 1994, o que queremos depois da Copa do Mundo em 2026 é que o futebol continuar a crescer aqui”, disse Monica Paul, diretora executiva da Comissão de Esportes de Dallas. “Esta é realmente uma oportunidade única para uma geração criar um legado duradouro e positivo do futebol para o Texas, através do do evento esportivo mais popular do mundo”.

Além do aspecto esportivo, todo evento do calibre de uma Copa do Mundo traz a oportunidade de novos investimentos e criação de postos de trabalho. De acordo com os especialistas serão criados 3.000 novos empregos, além de um incentivo econômico estimado em US $ 400 milhões na economia local ao sediar partidas da Copa do Mundo.

Essa é a primeira vez que a Fifa está se reunindo individualmente com cada cidade-sede . A Copa dos Estados Unidos, Canadá e México será a edição com a maior quantidade de Seleções até aqui, com 48 e um um total de 80 partidas, 16 a mais do que as edições anteriores, que contava com 32 equipes desde 1998.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s