Philadelphia Union e Portland Timbers se enfrentam por vaga na final do MLS is Back

Nesta quarta -feira (5), o MLS is Back conhecerá seu primeiro finalista. Fará parte da final do torneio o vencedor do confronto entre Philadelphia Union e Portland Timbers. A partida, será disputada no ESPN Wide World of Sports Complex, às 21h e terá transmissão do DAZN e Rádio Território MLS para o Brasil.

PHILADELPHIA UNION

O Union é um dos melhores times do torneio. Destaque para as atuações do goleiro Andre Blake e para o excelente torneio que faz o jovem Brenden Aaronson, já alvo de muitas especulações no mercado europeu. Os dois lideram uma equipe que tem conseguido se impor diante dos adversários. A equipe, que ainda não perdeu no torneio, conta com um forte jogo coletivo e um sistema ofensivo sólido, liderado por Aaronson, que sempre consegue criar boas oportunidades e pelo brasileiro Sérgio Santos, que já marcou três gols na competição.

Talvez esse seja o melhor momento da equipe no torneio. Apesar de algumas dificuldades enfrentadas na vitória diante do Sporting KC, o Union conseguiu se manter firme e segurar o resultado. Ajustes precisam ser feitos, principalmente na marcação, mas a equipe vem evoluindo jogo a jogo e entra como forte candidata a uma vaga na final.

Provável Union; Blake; Gaddis, Elliott, McKenzie e Wagner; Bedoya, Martínez e Monteiro; Aaronson, Santos e Przybylko.

O jovem Aaronson é o grande destaque do Union no MLS is Back. (Reprodução/Instagram)

PORTLAND TIMBERS

O Portland Timbers também chega para a disputa vivendo um bom momento. A boa vitória contra o New York City FC teve como destaque as mexidas de Giovanni Savarese: dois jogadores que entraram marcaram gols que colocaram o Timbers em vantagem no placar. Ebobisse e Niezgoda tem feito boas atuações e causado complicações para as defesas adversárias. Diego Valeri, ídolo do clube, tem sido uma grande arma, como sempre. Até aqui, em todos os jogos, o argentino conseguiu contribuir bem – inclusive marcando gol, como foi diante do City.

O Timbers já mostrou dificuldade para desmontar defesas, como foi quando jogou contra o Cincinnati. Na partida contra o time de Nova York, Savarese optou por uma time mais reativo, que saia em velocidade vertical, pegando sempre o adversário desarmado. A estratégia funcionou, mas será mantida?

Provável Portland; Clark; Bonilla, Mabiala, Zuparic e Villafaña; D.Chará, Williamson e Valeri; Blanco, Y.Chará e Ebobisse.

Ataque do Timbers, formado por Blanco, Ebobisse e Valeri tem causado dor de cabeça nos adversários. (Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s