sábado, abril 13, 2024
InícioMajor League SoccerD.C. UnitedPato marca, mas Orlando City é goleado pelo D.C. United na Flórida

Pato marca, mas Orlando City é goleado pelo D.C. United na Flórida

Partida teve muitos lances de perigo e quem riu por último foi o D.C. United, que contou com grande atuação do atacante Taxiarchis Fountas e voltou a vencer na temporada

 

O dia era de feriado de Independência nos Estados Unidos, mas quem conseguiu sua “independência” dos resultados ruins na Major League Soccer foi o D.C. United, que bateu o Orlando City por 5 a 3, nesta segunda-feira (4), no Exploria Stadium e acabou com a sequência de seis partidas sem um resultado positivo na temporada. O destaque da partida foi o atacante Taxiarchis Fountas, autor de três gols para o clube da capital. Kirmani Smith e Nigel Robertha completaram para o D.C. United. Pelo lado do Orlando City, Facundo Torres, Ercan Kara e Alexandre Pato marcaram para a equipe da Flórida.

Com a vitória, o D.C. United deixou o Chicago Fire na lanterna da Conferência Leste. Os dois clubes possuem 16 pontos, mas o D.C. possui uma vitória a mais em relação ao Fire. Já o Orlando City caiu para a sexta posição na mesma Conferência, com 25 pontos.

Na próxima rodada, o D.C. United irá até a Pensilvânia encarar o Philadelphia Union já na sexta-feira (8), no Subaru Park. Um dia depois, o Orlando City faz o clássico da Flórida contra o Inter Miami, no Exploria Stadium.

Taxiarchis Fountas
“Taxi” Fountas conseguiu seu primeiro hat-trick com a camisa do D.C. United. ((Reprodução: Twitter/ D.C. United)
  • Quer assistir UM MÊS DE MLS NA FAIXA? Assine AGORA mesmo o DAZN e tenha 30 dias grátis! Clique AQUI!

OS GOLS

Tão logo o árbitro deu início à partida, o D.C. United impôs um ritmo alucinante e até aos 8 minutos já vencia o Orlando City por 2 a 0, com gols marcados pelo atacante Taxiarchis Fountas.

No primeiro, aos 5 minutos, Fountas recebeu de Chris Durkin na grande área e bateu com categoria para abrir o placar. Três minutos depois, os visitantes ampliaram a vantagem, novamente com Fountas. O atacante Michael Estrada entrou pela área e, quase da linha de fundo, tocou rasteiro para Fountas empurrar para o fundo do gol de Gallese.

Em desvantagem no marcador, o Orlando City dominou o restante da etapa inicial, utilizando principalmente o brasileiro Alexandre Pato para tentar diminuir o resultado ruim.

Na volta do intervalo, os donos da casa tiveram uma chegada perigosa com Ercan Kara, mas foi o D.C. United que voltou a movimentar o placar, mais uma vez com Taxiarchis Fountas, aos 51 minutos. Na cobrança de falta próximo à área do Orlando, Julian Gressel rolou para Fountas chutar e contar com a falha de Gallese para fazer 3 a 0.

https://twitter.com/dcunited/status/1544115436190588929?s=20&t=ruE7hKSPt1yd2QUAuKr3RA

Apesar do resultado bastante desfavorável, o Orlando City não desistiu e conseguiu diminuir logo aos 56 minutos, com Facundo Torres, que recebeu de Mauricio Pereyra na entrada da área e bateu rasante para vencer Romo.

Animado, o Orlando City contou com nova boa jogada de Facundo Torres para marcar seu segundo gol no jogo, aos 66 minutos e colocar fogo no confronto. Torres cobrou falta da direita e colocou na cabeça de Ercan Kara, que testou para o fundo do gol de Romo.

O momento da partida passou a ser todo do Orlando City, mas, aos 74 minutos, o D.C. United voltou a jogar um balde de água fria nos torcedores dos donos da casa que compareceram ao Exploria Stadium no feriado de Independência dos Estados Unidos. Kirmani Smith recebeu lançamento longo do zagueiro Skundrich, avançou pela intermediária e resolveu experimentar Gallese da entrada da área. O chute rasante do atacante foi parar nas redes do Orlando, ampliando o placar para 4 a 2 a favor dos visitantes.

Pronto! Parecia que o jogo estava definido, mas quem acompanhou o restante da partida testemunhou a entrega do Orlando City, que não desistiu e, aos 80 minutos, viu Alexandre Pato converter  penalidade máxima e reduzir a vantagem do D.C. United para 4 a 3.

Os minutos finais foram de bastante pressão por parte do Orlando City na busca pelo empate, mas, frio e calculista, o D.C. United fechou a conta com o goleador Nigel Robertha, que recebeu na risca da grande área e bateu com estilo para fazer o quinto gol dos visitantes, já nos acréscimos.

MELHORES MOMENTOS

FICHA TÉCNICA

Orlando City – 3
Gallese; Schlegel, Jansson e Smith; Ruan (Akindele), Méndez (Araújo), Júnior Urso (Benji Michel) e Mulraney (Facundo Torres); Mauricio Pereyra (Lynn) e Alexandre Pato; Ercan Kara.
Téc: Óscar Pareja

D.C. United – 5
Romo; Alfaro, Pines, Birnbaum, Hines-Ike e Brad Smith (Guediri); Durkin, Skundrich e Estrada (Kirmani Smith); Taxiarchis Fountas (Nigel Robertha) e Ola Kamara (Odoi-Atsem).
Téc: Chad Ashton

Gols: Fountas, Kirmani Smith e Nigel Robertha (DCU), Facundo Torres, Kara e Alexandre Pato (ORL)
Cartões amarelos: Schelgel (ORL) e Nigel Robertha (DCU)

(Capa: Reprodução/Twitter/D.C. United)

@GdeGustavo83
@GdeGustavo83
Jornalista, moro nos Estados Unidos desde 2006. Gosto de viajar com a família, conhecer estádios e arenas. MLS é o futuro e eu posso provar!
RELATED ARTICLES
- Advertisment -
Territorio F1

Populares

Concacaf