domingo, abril 14, 2024
InícioMajor League SoccerEm casa, Orlando City joga mal e perde feio para New England...

Em casa, Orlando City joga mal e perde feio para New England Revolution

Lions ampliam sequência de resultados negativos na MLS e sai da zona de classificação para os playoffs pela primeira vez

Sem vencer há cinco jogos, o Orlando City saiu de campo novamente derrotado. No Exploria Stadium lotado, o time de Alexandre Pato perdeu para o New England Revolution por 3 a 0, neste sábado (6). Os meio-campistas Matt Polster e Wilfrid Kaptoum e o zagueiro Henry Kessler marcaram para os visitantes.

Com o resultado, a equipe da Flórida estacionou nos 30 pontos e saiu da zona de classificação para os playoffs da Conferência Leste pela primeira vez nesta temporada. A equipe caiu da quinta para a oitava posição, enquanto os Revs chegaram na décima posição com os mesmos números de ponto que o adversário, mas possuindo um jogo a menos.

No próximo sábado (13), o Orlando encara o New York Red Bulls, fora de casa. No mesmo dia, o Revolution recebe o DC United no Gilette Stadium.

Orlando City perde em casa para New England Revolution
Impiedosos, Revs ampliam má fase do Orlando City na Major League Soccer. (Reprodução: Twitter/ New England Revolution)
  • Quer assistir UM MÊS DE MLS NA FAIXA? Assine AGORA mesmo o DAZN e tenha 30 dias grátis! Clique AQUI! 

O JOGO

Assim como nas últimas rodadas, o Orlando City foi a campo com o meio de campo formado por César Araújo, Mauricio Pereyra, Júnior Urso e Facundo Torres, mas com uma novidade na formação: Araújo e Pereyra mais recuados, enquanto Urso e Torres jogavam abertos pelas pontas.

A mudança não deu resultado. O brasileiro não conseguiu contribuir ofensivamente e Pereyra não conseguiu contribuir defensivamente, tendo oferecido diversos espaços para o ataque do New England Revolution, que aproveitou dos espaços oferecidos.

Ofensivamente, a equipe também não ofereceu muito perigo ao goleiro Djordje Petrovic, que esteve atento nas poucas vezes em que precisou ser acionado.

Quatro brasileiros estiveram presentes em campo. No lado do Orlando City, além de Júnior Urso, Ruan, Antônio Carlos e Alexandre Pato também estiveram em campo. Enquanto os defensores tiveram atuação discreta, o ex-atacante do São Paulo e Corinthians se destacou negativamente, errando muitos passes e destruindo jogadas ofensivas dos Lions.

Já pelos Revs, Maciel começou como titular na equipe comandada por Bruce Arena e teve boa atuação. Principal jogador da franquia de Boston, o meia espanhol Carles Gil teve dificuldades de se livrar da marcação adversária, mas foi importante na construção da vantagem, dando assistências para o segundo e terceiro gols.

OS GOLS

O New England Revolution abriu o placar aos 20′. Aproveitando erro na saída de bola, McNamara encontrou Matt Polster em velocidade na direção da área, livre de marcação. O meio-campista só teve o trabalho de tocar na saída do goleiro Gallese para colocar os Revs na dianteira.

O segundo gol apenas saiu no segundo tempo. Aos 51′, Carles Gil pegou sobra da área e deu passe para Wilfrid Kaptoum na entrada da área chutar no contra pé do goleiro.

Aos 75′, em combrança de escanteio, Carles Gil cruzou para área e colocou a bola na cabeça do zagueiro Henry Kessler que venceu a disputa pelo alto contra o zagueiro Antônio Carlos para dar números finais.

Veja também: Chicago Fire vence Charlotte FC fora de casa e embola ainda mais a disputa pelos playoffs do Leste

FICHA TÉCNICA

Orlando City — 0
Gallese; Ruan (Smith), Antônio Carlos, Jansson, Moutinho; Araújo, Pereyra (Gioachinni), Urso (Angulo); Torres, Pato, Michel (Akindele)
Téc.: Óscar Pareja

New England Revolution — 3
Petrovic; Jones, Kessler, Farrell, Bye; Maciel (Traustason), Polster, Kaptoum (González), McNamara, Gil; Rennicks (Boateng)
Téc.: Bruce Arena

Gols: Matt Polster, Wilfrid Kaptoum e Henry Kessler (REV)
Cartões amarelos: Antônio Carlos, Robin Jansson e César Araújo (ORL)

(Capa: Reprodução/ Twitter New England Revolution)

RELATED ARTICLES
- Advertisment -
Territorio F1

Populares

Concacaf