sábado, abril 13, 2024
InícioFIFACONCACAF"DOS A CERO": Estados Unidos bate o México por 2 a 0,...

“DOS A CERO”: Estados Unidos bate o México por 2 a 0, e leva o tricampeonato na Nations League

USMNT chega a sete jogos de invencibilidade contra o rival, com direito a três taças em seis anos

Os Estados Unidos venceram o México, por 2 a 0, na noite deste domingo (24), e foi tricampeão da Liga das Nações da CONCACAF. Tyler Adams e Gio Reyna marcaram os gols no AT&T Stadium.

1° tempo: Estados Unidos superior

Jogando em solo americano, os donos da casa foram melhores no 1° tempo e controlaram boa parte das ações. Pulisic teve boa chance de marcar no comecinho, mas Ochoa fez bela defesa. Do outro lado, o México pouco chegou, com “Chucky” Lozano sendo o responsável pelas jogadas ofensivas. Quando o intervalo estava levando a decisão para o 0 a 0, o volante Tyler Adams tirou um chutaço da “cartola” de fora da área, e marcou um golaço para a USMNT. Fazia mais de 400 dias que Adams não começava um jogo como titular na Seleção norte-americana devido a uma lesão séria.

2° tempo: Gio Reyna define título com direito a gritos discriminatórios

Na volta dos vestiários tivemos de tudo: pra começar, ainda sem condições para jogar os 90 minutos, Gregg Berhalter sacou Adams e colocou o brasileiro Johnny Cardoso, ex-Internacional, de Porto Alegre, que nasceu nos Estados Unidos e optou por defender a USMNT.

Sofrendo para chegar no gol de Turner e tendo que correr atrás dos norte-americanos, o México entrou numa sequência de cartões amarelos, sendo três em oito minutos (Johan Vasquez, Edson Alvarez e Uriel Antuna). Melhor nas quatro linhas, os Estados Unidos chegou ao 2° gol com Gio Reyna que finalizou com estilo, após bela jogada pela esquerda de Christian Pulisic.

Perto do final do jogo, os mexicanos ainda descolaram um pênalti, mas após revisão do VAR, o árbitro anulou e deu cartão amarelo á Santiago Gimenez, por simulação. Sem mais tantas emoções dentro de campo, foram vistas cenas lamentáveis no estádio, quando perto dos 90 minutos, a torcida mexicana começou a entoar cantos discriminatórios e o jogo precisou ser paralisado. Quando voltou, a USMNT apenas teve que esperar para soltar o grito de “campeão” da Nations League pela 3ª vez.

México vira freguês dos Estados Unidos

A Seleção Mexicana está numa sequência de resultados ruins contra a USMNT. Agora são sete jogos sem vitória, com cinco derrotas e dois empates. Como se não bastasse, foram vice três vezes em seis anos para os Estados Unidos, em duas ocasiões na Nation Leagues (2019 e 2024) e uma na Copa Ouro (2021).

RELATED ARTICLES
- Advertisment -
Territorio F1

Populares

Concacaf